10 de abril de 2017

SEXTA -FEIRA SANTA OU SEXTA - FEIRA DA PAIXÃO

Sexta- Feira da Paixão
         É uma data religiosa cristã que relembra a crucificação e morte de Jesus Cristo, acontece sempre na sexta-feira que antecede o Domingo de Páscoa. No cristianismo ocidental é o sexto dia da Semana Santa e, o sétimo no cristianismo oriental devido o Sábado de Lázaro.
      É na Sexta-Feira da Paixão ou Sexta-Feira Santa o primeiro dia do Tríduo Pascal (que começou na noite anterior com a celebração da Missa da Ceia do Senhor) e, pode coincidir com a data da Páscoa judaica.
    Em muitos países este dia é considerado um feriado, a Igreja Católica trata como dia de jejum e sem o consumo de carne.

ESTAÇÕES DA CRUZ e TRADIÇÕES

         As Estações da Cruz também são visitadas para orações, dentro ou fora da Igreja, as vezes entre meio-dia e três horas da tarde, conhecido como Três Horas da Agonia.
     A Celebração da Paixão e Morte do Senhor é procedida em muitos lugares pela "Procissão do Enterro" também conhecida como "Procissão do Senhor Morto".

LITURGIA

      Após a Missa da Ceia do Senhor na Quinta-feira Santa, não se prevê celebração de missas até a Vigília Pascal, a não ser que haja autorização especial da Santa Sé ou do bispo local. O único sacramento celebrado neste período é o Batismo, Confissão e Unção dos Enfermos para os que estão a beira da morte.
    Os altares ficam desnudos e as fontes de água benta são esvaziadas preparando-se para a benção da água durante a Vigília Pascal, nenhum sino é tocado neste dia.
     Na parte da tarde realiza-se a Celebração da Paixão do Senhor ( as 15h  preferencialmente). As vestes são vermelhas ou negras de acordo com a tradição, é celebrada a Solene Ação Litúrgica, Paixão e Adoração a Cruz.
     A recordação da morte de Jesus se recorda em 4 momentos:
  • A Liturgia da Palavra
  • Oração Universal
  • Adoração da Cruz,
  •  e Rito da Comunhão.

     O Sacrifício do Pão e do Vinho jamais é celebrado na Sexta-feira da Paixão a não ser por ocasião extraordinária.
     Durante o rito beija-se os pés de Cristo na Cruz, em seguida entoa-se um hino chamado "O Sábio Ladrão" por cantores que ficam aos pés da cruz.
   Por volta das três horas todos se juntam para celebrar a Deposição da cruz (cena da retirada do corpo de Jesus da cruz por José de Arimateia e Nicodemos). 
  Ao aproximar-se a noite da Sexta-feira, inicia-se o período das "Matinas de Jerusalém" do Grande e Sagrado Sábado, é um rito conhecido como "Lamentação do Túmulo".
(Fonte: Google)

"De Todas as Crianças e Adolescentes do Mundo, Sempre Amigos!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE-NOS SEU RECADO;